A poluição proveniente da combustão de combustíveis fósseis é a principal ameaça ambiental à saúde das crianças, mas as soluções existem segundo Frederica Perera do Centro de Saúde Infantil de Columbia, Departamento de Ciências da Saúde Ambiental. Confira também 5 Exemplos práticos de Sustentabilidade Ambiental e Desenvolvimento Sustentável

Problemas Ambientais: Saúde das crianças ameaçada pelos Combustíveis Fósseis



Segundo a pesquisadora o subproduto da combustão de combustíveis fósseis é a ameaça mais significativa para a saúde das crianças no futuro sendo um dos principais contribuintes para a desigualdade global e injustiça ambiental. As emissões incluem uma miríade de poluentes tóxicos do ar e dióxido de carbono (CO 2 ), que é o o mais importante gás causador do efeito estufa e que produz alterações climáticas. 



Problemas Ambientais: Saúde das crianças ameaçada pelos Combustíveis Fósseis


Sinergias entre a poluição do ar e as mudanças climáticas podem aumentar os danos às crianças. 



De acordo com o texto impactos da queima de combustíveis fósseis incluem comprometimento cognitivo do desenvolvimento comportamental, doença respiratória e outras doenças crônicas - todas elas se “semeado” no útero pode afetar a saúde e o funcionamento imediatamente e ao longo da vida. 



Para a cientista ao prejudicar a saúde das crianças afeta a capacidade de aprender e o potencial de contribuir para a sociedade, com isso a poluição e mudança climática faz com que as crianças se tornem menos resilientes e as comunidades em que vivem se tornem menos equitativas. 

O feto em desenvolvimento e a criança pequena são desproporcionalmente afetados por exposições dessa natureza por causa de seus mecanismos de defesa imaturos e o rápido desenvolvimento, especialmente em países de baixa e média renda, onde a pobreza e a falta de recursos agravam os efeitos. Nenhum país é poupado, no entanto, mesmo países de alta renda, especialmente comunidades de baixa renda estão experimentando impactos da poluição relacionada com combustíveis fósseis, mudanças climáticas e consequente aumento da desigualdade e injustiça ambiental. A pesquisa ressalta que a pediatria global e a a saúde está em um ponto de inflexão, com conseqüências catastróficas na ausência de uma ação ousada. 



Leia também: Espécie invasora de Guaxinins está fora de controle, na Europa.


Soluções para esses problemas ambientais


Por fim, o trabalho revela que felizmente, tecnologias e intervenções estão à mão para reduzir e prevenir a poluição e mudanças climáticas, com grandes benefícios econômicos documentados ou previstos. Todas as culturas e comunidades compartilham uma preocupação com a saúde e o bem-estar das crianças presentes e futuras: esse valor compartilhado fornece uma alavanca politicamente poderosa para a ação. O objetivo da pesquisa foi revisar brevemente os dados sobre os impactos na saúde da poluição por combustíveis fósseis, destacando os impactos do desenvolvimento neurológico, e descrever brevemente os meios disponíveis para alcançar uma economia de baixo carbono, e alguns exemplos de intervenções que beneficiaram a saúde e a economia. 

Confira o texto na íntegra


Por Equipe do Blog do Ensino de Ciências


Você gosta de ler e estudar? Clique e confira aqui os livros mais vendidos e as ofertas da Amazon.com, a maior loja online do mundo. Confira também as prmoções de livros e Books das mais diversas categorias. Clique aqui!


Compartilhe nas Redes Sociais!



Publicidade

O Blog do Ensino de Ciências, visa compartilhar conteúdo de Ciências e Biologia, disponibilizando conteúdo para professores e estudantes como exercícios, questões de concursos, vestibular e ENEM, material para modelos de provas, planos de aula e planejamento de cursos, além de textos científicos e curiosidades.



Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top