Publicidade

Exercícios sobre Processos Exotérmicos e Endotérmicos

Exercícios sobre Processos Exotérmicos e Endotérmicos


1) Processos endotérmicos São:

xa) aqueles em que ocorre a absorção de calor. 
b) aqueles em que ocorre a eliminação de calor. 
c) aqueles em que não ocorrem a absorção nem eliminação de calor. 
d) aqueles em que ocorre a produção de calor. 


2) Sobre os Processos endotérmicos assinale a alternativa ERRADA

a) a entalpia (energia global simbolizada por H) dos produtos é maior que a entalpia dos reagentes, 
b) a variação da entalpia (ΔH) ou o calor envolvido nos processos endotérmicos será sempre um valor positivo. 
c) as equações químicas que simbolizam essas reações são representadas genericamente da seguinte forma: Reagentes + calor → Produtos
xd) Mudanças de estado Físico não são exemplo de reações endotérmicas

3) Sobre os Processos exotérmicos assinale a alternativa ERRADA:

a) São aqueles em que ocorre liberação de calor. 
xb) O prefixo exo significa “para dentro”.
c) Reagentes → Produtos + calor
d) Por exemplo, a combustão do gás hidrogênio libera calor

4) Não é um exemplo de Processos Endotérmicos 

a) Roupa secando no varal
xb) inflamação de combustíveis
c)  Gelo derretendo: para que a água sólida derreta, ele precisa captar uma determinada quantidade de calor, 
d)  Fotossíntese: a reação de fotossíntese que acontece nas plantas também é considerada uma reação endotérmica, uma vez que a planta adquire energia proporcionada pela luz do Sol:

5) Considerando os Processos exotérmicos analise os itens

I. Os processos exotérmicos são aqueles que acontecem com emancipação de calor. 
II. como se solta calor, a entalpia dos produtos é inferior a dos reagentes, por essa razão a oscilação da entalpia dos processos exotérmicos será sempre negativa

Está(ão) correto(s)
xa) I e II
b) somente I
c) somente I
d) nenhum dos itens

6) São exemplos de de processos exotérmicos, EXCETO

a) inflamação de combustíveis, 
b) queima de papel, madeira, palha de aço, 
c) Neve: para que água passe do estado líquido para o sólido, produzindo a neve, é necessário que ocorra a perda de energia
xd) Roupa secando no varal

7) Sobre os processos exotérmicos assinale a alternativa ERRADA
a) A água líquida colocada em um congelador perde calor e congela. (processo exotérmico)
b) Mudanças de estado que liberam calor são denominados processos exotérmicos
c) água líquida > água sólida + calor liberado (processo exotérmico)
xd) passagem da água sólida para o estado líquido (processo exotérmico)

Gabarito das questões sobre processos exotérmicos e endotérmicos


1.A
2.D
3.B
4.B
5.A
6.D
7.D
Exercícios sobre Processos Exotérmicos e Endotérmicos


5 perguntas para pesquisa sobre processos exotérmicos e endotérmicos

  1. Evaporação da agua é um processo endotérmico ou exotérmico?
  2. Secagem de roupa é endotermico ou exotérmico?
  3. Oxidação é endotermica ou exotermica?
  4. O que é transformação exotérmica?
  5. Classifique os processos em endotérmicos ou exotermicos

Exercícios para 6º e 9º Ano do Ensino Fundamental e para Química Ensino Médio

Competências Específicas de Ciências da Natureza e Suas Tecnologias para o Ensino Médio

Competências Específicas de Ciências da Natureza e Suas Tecnologias para o Ensino Médio da BNCC

Competências Específicas de Ciências da Natureza e Suas Tecnologias para o Ensino Médio da BNCC

1. Analisar fenômenos naturais e processos tecnológicos, com base nas interações e relações entre matéria e energia, para propor ações individuais e coletivas que aperfeiçoem processos produtivos, minimizem impactos socioambientais e melhorem as condições de vida em âmbito local, regional e global.

2. Analisar e utilizar interpretações sobre a dinâmica da Vida, da Terra e do Cosmos para elaborar argumentos, realizar previsões sobre o funcionamento e a evolução dos seres vivos e do Universo, e fundamentar e defender decisões éticas e responsáveis.

3. Investigar situações-problema e avaliar aplicações do conhecimento científico e tecnológico e suas implicações no mundo, utilizando procedimentos e linguagens próprios das Ciências da Natureza, para propor soluções que considerem demandas locais, regionais e/ou globais, e comunicar suas descobertas e conclusões a públicos variados, em diversos contextos e por meio de diferentes mídias e tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC).

Competências específicas de Ciências da Natureza para o Ensino Fundamental segundo a BNCC

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) em articulação com as competências gerais da Educação Básica, a área de Ciências da Natureza – e, por consequência, o componente curricular de Ciências –, devem garantir aos alunos o desenvolvimento de competências específicas


Competências específicas de Ciências da Natureza para o Ensino Fundamental segundo a BNCC

Quais são as competências específicas de Ciências da Natureza para o Ensino Fundamental segundo a BNCC?


1. Compreender as Ciências da Natureza como empreendimento humano, e o conhecimento científico como provisório, cultural e histórico. 

2. Compreender conceitos fundamentais e estruturas explicativas das Ciências da Natureza, bem como dominar processos, práticas e procedimentos da investigação científica, de modo a sentir segurança no debate de questões científicas, tecnológicas, socioambientais e do mundo do trabalho, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. 

3. Analisar, compreender e explicar características, fenômenos e processos relativos ao mundo natural, social e tecnológico (incluindo o digital), como também as relações que se estabelecem entre eles, exercitando a curiosidade para fazer perguntas, buscar respostas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das Ciências da Natureza. 

4. Avaliar aplicações e implicações políticas, socioambientais e culturais da ciência e de suas tecnologias para propor alternativas aos desafios do mundo contemporâneo, incluindo aqueles relativos ao mundo do trabalho. 

5. Construir argumentos com base em dados, evidências e informações confiáveis e negociar e defender ideias e pontos de vista que promovam a consciência socioambiental e o respeito a si próprio e ao outro, acolhendo e valorizando a diversidade de indivíduos e de grupos sociais, sem preconceitos de qualquer natureza. 

6. Utilizar diferentes linguagens e tecnologias digitais de informação e comunicação para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos e resolver problemas das Ciências da Natureza de forma crítica, significativa, reflexiva e ética. 

7. Conhecer, apreciar e cuidar de si, do seu corpo e bem-estar, compreendendo-se na diversidade humana, fazendo-se respeitar e respeitando o outro, recorrendo aos conhecimentos das Ciências da Natureza e às suas tecnologias. 

8. Agir pessoal e coletivamente com respeito, autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, recorrendo aos conhecimentos das Ciências da Natureza para tomar decisões frente a questões científico-tecnológicas e socioambientais e a respeito da saúde individual e coletiva, com base em princípios éticos, democráticos, sustentáveis e solidários.

Planejamento de Ciências 7º Ano Ensino Fundamental, BNCC


Planejamento de ciências 7º Ano do Ensino Fundamental, BNCC.

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular 4.3.1.2. Ciências no Ensino Fundamental – Anos Finais: unidades temáticas, objetos de conhecimento e habilidades.

Nível de EnsinoEnsino Fundamental 7º Ano
Componente CurricularCiências
Modalidade de EnsinoEducação Presencial

1. Objetivos Gerais

Desenvolver a capacidade de compreender o mundo e atuar como indivíduo e como cidadão, utilizando conhecimentos de natureza científica e tecnológica, estimulando o aprendizado em matéria de população e de vida familiar, despertando o interesse e a curiosidade pela Ciência, pela realidade local e universal, por meio de explorações e pela sistematização dos conhecimentos, enfatizando as relações no âmbito da vida do ambiente, do Universo e dos equipamentos tecnológicos, para melhor situar-se em seu mundo e a exploração das vivências, saberes, interesses e curiosidades dos alunos sobre o mundo natural e material continua sendo fundamental.

2. Conteúdos, Objetivos específicos e habilidades

2.1 Unidade Temática: Matéria e energia

Objetos de conhecimento

  • Máquinas simples
  • Formas de propagação do calor
  • Equilíbrio termodinâmico e vida na Terra
  • História dos combustíveis e das máquinas térmicas

HABILIDADES

  • (EF07CI01) Discutir a aplicação, ao longo da história, das máquinas simples e propor soluções e invenções para a realização de tarefas mecânicas cotidianas.
  • (EF07CI02) Diferenciar temperatura, calor e sensação térmica nas diferentes situações de equilíbrio termodinâmico cotidianas.
  • (EF07CI03) Utilizar o conhecimento das formas de propagação do calor para justificar a utilização de determinados materiais (condutores e isolantes) na vida cotidiana, explicar o princípio de funcionamento de alguns equipamentos (garrafa térmica, coletor solar etc.) e/ou construir soluções tecnológicas a partir desse conhecimento.
  • (EF07CI04) Avaliar o papel do equilíbrio termodinâmico para a manutenção da vida na Terra, para o funcionamento de máquinas térmicas e em outras situações cotidianas.
  • (EF07CI05) Discutir o uso de diferentes tipos de combustível e máquinas térmicas ao longo do tempo, para avaliar avanços, questões econômicas e problemas socioambientais causados pela produção e uso desses materiais e máquinas.
  • (EF07CI06) Discutir e avaliar mudanças econômicas, culturais e sociais, tanto na vida cotidiana quanto no mundo do trabalho, decorrentes do desenvolvimento de novos materiais e tecnologias (como automação e informatização).

2.2 Unidade Temática Vida e evolução

Objetos de conhecimento

  • Diversidade de ecossistemas
  • Fenômenos naturais e impactos ambientais
  • Programas e indicadores de saúde pública


HABILIDADES
  • (EF07CI07) Caracterizar os principais ecossistemas brasileiros quanto à paisagem, à quantidade de água, ao tipo de solo, à disponibilidade de luz solar, à temperatura etc., correlacionando essas características à flora e fauna específicas.
  • (EF07CI08) Avaliar como os impactos provocados por catástrofes naturais ou mudanças nos componentes físicos, biológicos ou sociais de um ecossistema afetam suas populações, podendo ameaçar ou provocar a extinção de espécies, alteração de hábitos, migração etc.
  • (EF07CI09) Interpretar as condições de saúde da comunidade, cidade ou estado, com base na análise e comparação de indicadores de saúde (como taxa de mortalidade infantil, cobertura de saneamento básico e incidência de doenças de veiculação hídrica, atmosférica entre outras) e dos resultados de políticas públicas destinadas à saúde.
  • (EF07CI10) Argumentar sobre a importância da vacinação para a saúde pública, com base em informações sobre a maneira como a vacina atua no organismo e o papel histórico da vacinação para a manutenção da saúde individual e coletiva e para a erradicação de doenças.
  • (EF07CI11) Analisar historicamente o uso da tecnologia, incluindo a digital, nas diferentes dimensões da vida humana, considerando indicadores ambientais e de qualidade de vida.

2.3 Unidade Temática: Terra e Universo

Objetos de conhecimento

  • Composição do ar
  • Efeito estufa
  • Camada de ozônio
  • Fenômenos naturais (vulcões, terremotos e tsunamis)
  • Placas tectônicas e deriva continental

HABILIDADES
(EF07CI12) Demonstrar que o ar é uma mistura de gases, identificando sua composição, e discutir fenômenos naturais ou antrópicos que podem alterar essa composição.
(EF07CI13) Descrever o mecanismo natural do efeito estufa, seu papel fundamental para o desenvolvimento da vida na Terra, discutir as ações humanas responsáveis pelo seu aumento artificial (queima dos combustíveis fósseis, desmatamento, queimadas etc.) e selecionar e implementar propostas para a reversão ou controle desse quadro.
(EF07CI14) Justificar a importância da camada de ozônio para a vida na Terra, identificando os fatores que aumentam ou diminuem sua presença na atmosfera, e discutir propostas individuais e coletivas para sua preservação.
(EF07CI15) Interpretar fenômenos naturais (como vulcões, terremotos e tsunamis) e justificar a rara ocorrência desses fenômenos no Brasil, com base no modelo das placas tectônicas.
(EF07CI16) Justificar o formato das costas brasileira e africana com base na teoria da deriva dos continentes.

3. Abordagem metodológica (Metodologia, Estratégias e Recursos)

  • Exposição dialogada (conversa com os estudantes)
  • Apresentação dos fatos, levantamento de interpretações, dúvidas e questões dos próprios estudantes.
  • Jogos e simulações. 
  • Exploração bibliográfica, 
  • Entrevista, 
  • Experimentação, 
  • Trabalho de campo registradas de diferentes formas, para proporcionar melhor aprendizagem;
  • Apresentação de seminário, relatório ou outras formas de conclusão.

4. Avaliação

Recuperar as discussões de valores e procedimentos efetuados em sala. 
A avaliação será feita através da resolução de problemas, listas de exercícios, participação nas atividades. 
AVALIAÇÃO QUALITATIVA. 
Realização das tarefas solicitadas; Organização do material, caderno; Correção das atividades; Acompanhamento pelo responsável; Ética e solidariedade nas relações.

Outros planejamentos





Observação. Planejamento sugestivo


Áreas de interesse:
Planejamento anual de ciências
Plano de aula de ciências
Planejamento de ciências
Plano de curso de ciências

Planejamento de Ciências 9º Ano Ensino Fundamental de acordo com a BNCC

Planejamento de Ciências para 9º Ano do Ensino Fundamental de acordo com a BNCC


De acordo com a Base Nacional Comum Curricular 4.3.1.2. Ciências no Ensino Fundamental – Anos Finais: unidades temáticas, objetos de conhecimento e habilidades.

Nível de EnsinoEnsino Fundamental 9º Ano
Componente CurricularCiências
Modalidade de EnsinoEducação Presencial

1. Objetivos Gerais

Aperfeiçoar sua capacidade de observação, de raciocínio lógico e de criação, desenvolver posturas mais colaborativas e sistematizar explicações sobre o mundo natural e tecnológico, e sobre seu corpo, sua saúde e seu bem-estar, tendo como referência os conhecimentos, as linguagens e os procedimentos próprios das Ciências da Natureza.

2. Conteúdos, Objetivos específicos e habilidades

2.1. Unidade Temática: Matéria e energia

Objetos de Conhecimento: 

  • Aspectos quantitativos das transformações químicas
  • Estrutura da matéria
  • Radiações e suas aplicações na saúde

Habilidades

  • (EF09CI01) Investigar as mudanças de estado físico da matéria e explicar essas transformações com base no modelo de constituição submicroscópica.
  • (EF09CI02) Comparar quantidades de reagentes e produtos envolvidos em transformações químicas, estabelecendo a proporção entre as suas massas.
  • (EF09CI03) Identificar modelos que descrevem a estrutura da matéria (constituição do átomo e composição de moléculas simples) e reconhecer sua evolução histórica.
  • (EF09CI04) Planejar e executar experimentos que evidenciem que todas as cores de luz podem ser formadas pela composição das três cores primárias da luz e que a cor de um objeto está relacionada também à cor da luz que o ilumina.
  • (EF09CI05) Investigar os principais mecanismos envolvidos na transmissão e recepção de imagem e som que revolucionaram os sistemas de comunicação humana.
  • (EF09CI06) Classificar as radiações eletromagnéticas por suas frequências, fontes e aplicações, discutindo e avaliando as implicações de seu uso em controle remoto, telefone celular, raio X, forno de micro-ondas, fotocélulas etc.
  • (EF09CI07) Discutir o papel do avanço tecnológico na aplicação das radiações na medicina diagnóstica (raio X, ultrassom, ressonância nuclear magnética) e no tratamento de doenças (radioterapia, cirurgia ótica a laser, infravermelho, ultravioleta etc.).

2.2. Unidade Temática: Vida e evolução

Objetos de Conhecimento

  • Hereditariedade
  • Ideias evolucionistas
  • Preservação da biodiversidade

Habilidades

  • (EF09CI08) Associar os gametas à transmissão das características hereditárias, estabelecendo relações entre ancestrais e descendentes.
  • (EF09CI09) Discutir as ideias de Mendel sobre hereditariedade (fatores hereditários, segregação, gametas, fecundação), considerando-as para resolver problemas envolvendo a transmissão de características hereditárias em diferentes organismos.
  • (EF09CI10) Comparar as ideias evolucionistas de Lamarck e Darwin apresentadas em textos científicos e históricos, identificando semelhanças e diferenças entre essas ideias e sua importância para explicar a diversidade biológica.
  • (EF09CI11) Discutir a evolução e a diversidade das espécies com base na atuação da seleção natural sobre as variantes de uma mesma espécie, resultantes de processo reprodutivo.
  • (EF09CI12) Justificar a importância das unidades de conservação para a preservação da biodiversidade e do patrimônio nacional, considerando os diferentes tipos de unidades (parques, reservas e florestas nacionais), as populações humanas e as atividades a eles relacionados.
  • (EF09CI13) Propor iniciativas individuais e coletivas para a solução de problemas ambientais da cidade ou da comunidade, com base na análise de ações de consumo consciente e de sustentabilidade bem-sucedidas.

2.3. Unidade Temática: Terra e Universo

Objetos de Conhecimento

  • Composição, estrutura e localização do Sistema
  • Solar no Universo
  • Astronomia e cultura
  • Vida humana fora da Terra
  • Ordem de grandeza astronômica
  • Evolução estelar

Habilidades

  • (EF09CI14) Descrever a composição e a estrutura do Sistema Solar (Sol, planetas rochosos, planetas gigantes gasosos e corpos menores), assim como a localização do Sistema Solar na nossa Galáxia (a Via Láctea) e dela no Universo (apenas uma galáxia dentre bilhões).
  • (EF09CI15) Relacionar diferentes leituras do céu e explicações sobre a origem da Terra, do Sol ou do Sistema Solar às necessidades de distintas culturas (agricultura, caça, mito, orientação espacial e temporal etc.).
  • (EF09CI16) Selecionar argumentos sobre a viabilidade da sobrevivência humana fora da Terra, com base nas condições necessárias à vida, nas características dos planetas e nas distâncias e nos tempos envolvidos em viagens interplanetárias e interestelares.
  • (EF09CI17) Analisar o ciclo evolutivo do Sol (nascimento, vida e morte) baseado no conhecimento das etapas de evolução de estrelas de diferentes dimensões e os efeitos desse processo no nosso planeta.
Planejamento de Ciências: Sugestões de Conteúdos e Competências para  9º Ano

3. Abordagem metodológica (Metodologia, Estratégias e Recursos)

  • Exposição dialogada (conversa com os estudantes)
  • Apresentação dos fatos, levantamento de interpretações, dúvidas e questões dos próprios estudantes.
  • Jogos e simulações. 
  • Exploração bibliográfica, 
  • Entrevista, 
  • Experimentação, 
  • Trabalho de campo registradas de diferentes formas, para proporcionar melhor aprendizagem;
  • Apresentação de seminário, relatório ou outras formas de conclusão.

4. Avaliação

Recuperar as discussões de valores e procedimentos efetuados em sala. 
A avaliação será feita através da resolução de problemas, listas de exercícios, participação nas atividades. 
AVALIAÇÃO QUALITATIVA. 
Realização das tarefas solicitadas; Organização do material, caderno; Correção das atividades; Acompanhamento pelo responsável; Ética e solidariedade nas relações.


Áreas de interesse:
Planejamento anual de ciências 9º Ano Física
Plano de aula de ciências 9º Ano Física
Planejamento de ciências 9º Ano Física
Plano de curso de ciências 9º Ano Física

Planejamento de Ciências 8º Ano Ensino Fundamental, BNCC

Planejamento de Ciências 8º Ano Ensino Fundamental, BNCC

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular 4.3.1.2. Ciências no Ensino Fundamental – Anos Finais: unidades temáticas, objetos de conhecimento e habilidades.

Nível de EnsinoEnsino Fundamental 8º Ano
Componente CurricularCiências
Modalidade de EnsinoEducação Presencial

1. Objetivos Gerais

Desenvolver a capacidade de compreender o mundo e atuar como indivíduo e como cidadão, utilizando conhecimentos de natureza científica e tecnológica, estimulando o aprendizado em matéria de população e de vida familiar, despertando o interesse e a curiosidade pela Ciência, pela realidade local e universal, por meio de explorações e pela sistematização dos conhecimentos, enfatizando as relações no âmbito da vida do ambiente, do Universo e dos equipamentos tecnológicos, para melhor situar-se em seu mundo e a exploração das vivências, saberes, interesses e curiosidades dos alunos sobre o mundo natural e material continua sendo fundamental.


2. Conteúdos, Objetivos específicos e habilidades

2.1 Unidade Temática: Matéria e energia

Objetos de conhecimento:

  • Fontes e tipos de energia
  • Transformação de energia
  • Cálculo de consumo de energia elétrica
  • Circuitos elétricos
  • Uso consciente de energia elétrica

Habilidades

  • (EF08CI01) Identificar e classificar diferentes fontes (renováveis e não renováveis) e tipos de energia utilizados em residências, comunidades ou cidades.
  • (EF08CI02) Construir circuitos elétricos com pilha/bateria, fios e lâmpada ou outros dispositivos e compará-los a circuitos elétricos residenciais.
  • (EF08CI03) Classificar equipamentos elétricos residenciais (chuveiro, ferro, lâmpadas, TV, rádio, geladeira etc.) de acordo com o tipo de transformação de energia (da energia elétrica para a térmica, luminosa, sonora e mecânica, por exemplo).
  • (EF08CI04) Calcular o consumo de eletrodomésticos a partir dos dados de potência (descritos no próprio equipamento) e tempo médio de uso para avaliar o impacto de cada equipamento no consumo doméstico mensal.
  • (EF08CI05) Propor ações coletivas para otimizar o uso de energia elétrica em sua escola e/ou comunidade, com base na seleção de equipamentos segundo critérios de sustentabilidade (consumo de energia e eficiência energética) e hábitos de consumo responsável.
  • (EF08CI06) Discutir e avaliar usinas de geração de energia elétrica (termelétricas, hidrelétricas, eólicas etc.), suas semelhanças e diferenças, seus impactos socioambientais, e como essa energia chega e é usada em sua cidade, comunidade, casa ou escola.

2.2 Unidade Temática: Vida e evolução

Objetos de conhecimento

  • Mecanismos reprodutivos
  • Sexualidade

Habilidades

  • (EF08CI07) Comparar diferentes processos reprodutivos em plantas e animais em relação aos mecanismos adaptativos e evolutivos.
  • (EF08CI08) Analisar e explicar as transformações que ocorrem na puberdade considerando a atuação dos hormônios sexuais e do sistema nervoso.
  • (EF08CI09) Comparar o modo de ação e a eficácia dos diversos métodos contraceptivos e justificar a necessidade de compartilhar a responsabilidade na escolha e na utilização do método mais adequado à prevenção da gravidez precoce e indesejada e de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).
  • (EF08CI10) Identificar os principais sintomas, modos de transmissão e tratamento de algumas DST (com ênfase na AIDS), e discutir estratégias e métodos de prevenção.
  • (EF08CI11) Selecionar argumentos que evidenciem as múltiplas dimensões da sexualidade humana (biológica, sociocultural, afetiva e ética).

2.3 Unidade Temática: Terra e Universo

Objetos de conhecimento

  • Sistema Sol, Terra e Lua
  • Clima

Habilidades

  • (EF08CI12) Justificar, por meio da construção de modelos e da observação da Lua no céu, a ocorrência das fases da Lua e dos eclipses, com base nas posições relativas entre Sol, Terra e Lua.
  • (EF08CI13) Representar os movimentos de rotação e translação da Terra e analisar o papel da inclinação do eixo de rotação da Terra em relação à sua órbita na ocorrência das estações do ano, com a utilização de modelos tridimensionais.
  • (EF08CI14) Relacionar climas regionais aos padrões de circulação atmosférica e oceânica e ao aquecimento desigual causado pela forma e pelos movimentos da Terra.
  • (EF08CI15) Identificar as principais variáveis envolvidas na previsão do tempo e simular situações nas quais elas possam ser medidas.
  • (EF08CI16) Discutir iniciativas que contribuam para restabelecer o equilíbrio ambiental a partir da identificação de alterações climáticas regionais e globais provocadas pela intervenção humana.


Conteúdos para Planejamento de Ciências - Ar, Água e Solo

3. Abordagem metodológica (Metodologia, Estratégias e Recursos)

  • Exposição dialogada (conversa com os estudantes)
  • Apresentação dos fatos, levantamento de interpretações, dúvidas e questões dos próprios estudantes.
  • Jogos e simulações. 
  • Exploração bibliográfica, 
  • Entrevista, 
  • Experimentação, 
  • Trabalho de campo registradas de diferentes formas, para proporcionar melhor aprendizagem;
  • Apresentação de seminário, relatório ou outras formas de conclusão.

4. Avaliação

Recuperar as discussões de valores e procedimentos efetuados em sala. 
A avaliação será feita através da resolução de problemas, listas de exercícios, participação nas atividades. 
AVALIAÇÃO QUALITATIVA. 
Realização das tarefas solicitadas; Organização do material, caderno; Correção das atividades; Acompanhamento pelo responsável; Ética e solidariedade nas relações.




Áreas de interesse:
Planejamento anual de ciências 6º Ano
Plano de aula de ciências 6º Ano
Planejamento de ciências 6º Ano
Plano de curso de ciências 6 Ano

Fonte: Parâmetros Curriculares Nacionais PCNs - Ciências 

[SEDUC] 21 Questões de Biologia Geral, com gabarito

21 Questões de Biologia Geral, com gabarito


1. (SEDUC/CE/CCV/CE) Alfred R.Wallace afirmou que indivíduos dotados de determinadas características as quais os permitiam sobreviver e se reproduzir diferenciadamente terminavam por deixar mais descendentes, aumentando a frequência de seus genes nas gerações seguintes. Essa afirmativa corroborava com o principio:
A) darwinista da seleção sexual.
B) darwinista da seleção natural.
C) lamarckista do uso e do desuso.
D) mendeliano da segregação dos caracteres.
E) lamarckista da herança dos caracteres adquiridos.

2.(SEDUC/CE/CCV/CE)  A obesidade é um problema cada vez mais frequente no mundo e muitos medicamentos têm sido
lançados com a promessa de auxiliar nos tratamentos de redução do peso corporal. As drogas inibem a digestão dos lipídios no trato digestivo, reduzindo a absorção de gorduras. Portanto, essas drogas:
A) inibem a ação da lipase pancreática no intestino.
B) estimulam os processos de hidrólise das gorduras.
C) inibem a ação das enzimas proteolíticas no intestino.
D) estimulam o processo de emulsificação das gorduras.
E) estimulam a liberação de ácidos biliares, que atuam no intestino.

3. (SEDUC/CE/CCV/CE) A descarga de efluentes agrícolas, urbanos ou industriais, numa massa de água leva ao aumento da quantidade de nutrientes disponíveis no ambiente, causando o fenômeno denominado eutrofização.
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, os eventos e/ou consequências que ocorrem quando esses resíduos atingem rios, lagos etc.
A) A escassez de fósforo e nitrogênio causada pelos dejetos culminará com o desaparecimento das
plantas e algas.
B) A degradação dos resíduos pelas bactérias liberará nitratos e fosfatos, que são tóxicos aos peixes e
causará a morte desses animais.
C) O crescimento das algas será inibido pelo excesso de fósforo e nitrogênio, tendo como consequência uma redução da fauna aquática.
D) A proliferação de organismos fotossintetizantes será responsável pela produção excessiva de
oxigênio, causando intoxicação e morte nos organismos aeróbicos.
E) A proliferação de microrganismos causada pelo excesso de nutrientes levará à escassez de oxigênio e ocasionará a morte de organismos aeróbicos autótrofos e heterótrofos.

4. (SEDUC/CE/CCV/CE) Existe a probabilidade de uma mulher do tipo sanguíneo A, ter uma filha do tipo O, através de uma relação sexual com um homem do tipo B?Assinale a alternativa que responde corretamente a pergunta.
A) Sim, pois pais com tipos A e B, dependendo de seus genótipos, podem ter filhos ou filhas com
qualquer um dos tipos sanguíneos (A, B, AB e O).
B) Não, pois por se tratar de um caso de herança ligada ao sexo, a filha dos dois teria que ser,
obrigatoriamente, do tipo A.
C) Não, pois pais com tipos A e B, quaisquer que sejam seus genótipos, jamais poderiam ter filhos ou
filhas do tipo O.
D) Não, pois pais com tipos A e B, só podem ter filhos ou filhas do tipo AB, visto que IA
e IB são codominantes.
E) Sim, pois por se tratar de herança autossômica, filhos e filhas teriam que ser, obrigatoriamente, do tipo O.

5. (SEDUC/CE/CCV/CE) Nas classificações mais antigas, as algas e os protozoários eram considerados como pertencentes aos reinos vegetal e animal, respectivamente. A justificativa correta para a inclusão desses diferentes
protistas no mesmo reino é que ambos:
A) são pluricelulares, sendo as algas autotróficas e os protozoários heterotróficos.
B) são simples, unicelulares, apresentam células eucarióticas e nutrição heterotrófica.
C) apresentam parede celular rica em quitina, nutrição heterotrófica e compõem-se de células eucarióticas.
D) apresentam parede celular rica em celulose, nutrição heterotrófica e compõem-se de células procarióticas.
E) apresentam organização morfológica simples em comparação com plantas e animais, sendo as algas autotróficas e os protozoários heterotróficos.

6. (SEDUC/CE/CCV/CE) Os antibióticos ciclohexamida e cloranfenicol inibem a síntese de proteína no citoplasma e na
mitocôndria dos eucariontes, respectivamente. Por outro lado, nos procariontes a síntese de proteína é
inibida pelo cloranfenicol e não pela ciclohexamida. Essa é mais uma evidência que indica fortemente que as mitocôndrias surgiram, provavelmente, de:
A) organelas procariontes.
B) ribossomos eucariontes.
C) organismos procariontes primitivos.
D) estruturas resistentes ao cloranfenicol.
E) estruturas susceptíveis à ciclohexamida.

7. (SEDUC/CE/CCV/CE) Genes ativos de um parasita são introduzidos em bactérias, para que elas produzam cópias da proteína do mesmo. Essa proteína é então isolada da bactéria, purificada e inoculada em cobaias. Posteriormente, as cobaias são expostas ao parasita vivo para confirmar se o sistema imunológico das cobaias é capaz de combatê-lo. Assinale a alternativa que apresenta corretamente a denominação do processo de introdução
dos genes nas bactérias e o papel da proteína injetada nas cobaias, respectivamente.
A) Transgenia – Induzir a produção de anticorpos.
B) Transgenia – Induzir a produção de antibióticos.
C) Conjugação – Estimular a produção de antissoro.
D) Clonagem – Funcionar como substância antigênica.
E) Clonagem – Funcionar como substância mutagênica.

8. (SEDUC/CE/CCV/CE) Os artrópodes formam um grupo bastante numeroso e diversificado, tanto em espécies atuais como em extintas. Eles têm apêndices articulados, o corpo envolvido num exoesqueleto e, dentre os vários representantes, os:
A) insetos distinguem-se pela presença de antenas.
B) crustáceos distinguem-se pelo modo de vida aquático.
C) crustáceos distinguem-se por apresentar o corpo segmentado.
D) insetos distinguem-se pela presença de três pares de apêndices torácicos.
E) aracnídeos distinguem-se pela presença de um exoesqueleto queratinizado.

9. (SEDUC/CE/CCV/CE) A cirurgia para a retirada da tireoide em função de determinadas doenças, como o câncer, obriga o
paciente a tomar regularmente medicamentos, pois a ausência desse órgão:
A) diminui a concentração de cálcio no sangue.
B) reduz a produção do hormônio de crescimento.
C) compromete a produção do hormônio antidiurético.
D) leva a uma queda generalizada na atividade metabólica.
E) provoca a ocorrência do aumento do volume do pescoço.

10. (SEDUC/CE/CCV/CE) O efeito da luz sobre a transpiração foliar pode ser facilmente demonstrado revestindo-se as extremidades de ramos com sacos plásticos transparentes, lacrando-os com barbante para evitar as trocas gasosas e cobrindo a metade dos sacos com papel alumínio. Após certo período (24 ou 48 horas), observa-se o teor de água acumulada dentro dos sacos, nos dois grupos. Assinale a alternativa que indica o mais provável resultado observado.
A) A inibição da transpiração, em função da alta umidade relativa que se forma no interior dos sacos, faz com que a quantidade de água nos dois grupos seja a mesma.
B) O teor de água acumulada é maior nos sacos plásticos sem a cobertura do papel alumínio, uma vez
que a luz induz a abertura dos estômatos e permite uma transpiração mais intensa.
C) A quantidade de água acumulada é maior nos sacos plásticos envoltos com papel alumínio, pois a
ausência de luz solar diminui a temperatura e a evaporação foliar dentro dos sacos.
D) A concentração mais elevada de CO2 no interior dos sacos sem o papel alumínio induz o fechamento
dos estômatos, e a quantidade de água acumulada é menor.
E) A concentração de oxigênio é menor nos sacos envoltos com papel alumínio, o que provoca a abertura dos estômatos e o aumento da transpiração.


11. (SEDUC/CE/CCV/CE) Abundância de retículo endoplasmático granuloso (rugoso) e complexo golgiense pode ser observada em células com função secretora. Essas estruturas trabalham em conjunto e localizam-se próximas uma à outra. A função do retículo endoplasmático granuloso nessa parceria é:
A) liberar proteínas digestivas em vesículas denominadas lisossomos, que atuarão em conjunto com
ostilacóides do complexo golgiense.
B) produzir fosfolipídios de membrana que serão processados no complexo golgiense e liberados
nocitoplasma para a formação de ribossomos.
C) sintetizar proteínas e as transferir para o complexo golgiense, que as concentra e as libera em
vesículas, que terão diferentes destinos na célula.
D) fundir-se ao complexo golgiense para formar o acrossomo dos espermatozóides, responsável pela
digestão da parede do óvulo e pela penetração nesse.
E) acumular os polissacarídeos de parede celular, produzidos no complexo golgiense, e os processar,
antes de liberar as vesículas que se fundirão com a membrana plasmática.

12. (SEDUC/CE/CCV/CE) Nos estudos científicos sobre a origem da vida são propostos modelos na tentativa de se recriar a história desta evolução. Origem essa que, segundo a Biologia, teve início na Terra com o:
A) bigbang, que deu origem ao universo e consequentemente à vida.
B) aumento dos níveis de O2 atmosférico, que permitiu a proliferação dos seres aeróbios.
C) surgimento dos coacervados, que em solução aquosa, produziram uma membrana que isolou a matéria orgânica do meio externo.
D) surgimento de uma bicamada fosfolipídica, que envolveu moléculas com capacidade de autoduplicação e atividade metabólica.
E) resfriamento da atmosfera, que propiciou uma condição favorável para que as moléculas orgânicas
precursoras de vida tivessem origem.

13. (SEDUC/CE/CCV/CE) Os fungos participam de uma série de processos ecológicos, como em associações com as raízes de plantas, parasitando plantas e animais, ou ainda, decompondo a matéria morta. Um produtor de hortaliças aplicou fungicida na sua horta, ao perceber a presença de pequenos cogumelos que apareciam sobre a matéria orgânica vegetal morta (galhos, folhas secas etc.) depositada no chão. Pergunta-se: O produtor agiu corretamente?
A) Sim, pois o fungicida elimina os herbívoros que se alimentam das hortaliças.
B) Não, pois a disponibilidade de nutrientes para as hortaliças vai diminuir.
C) Sim, pois o solo passa a receber mais luz solar aumentando a sua umidade.
D) Não, pois as hortaliças terão o crescimento inibido pelo produto químico.
E) Sim, pois as hortaliças passarão a ser resistentes aos cogumelos e a outros fungos.

14. (SEDUC/CE/CCV/CE) Quando se realiza a observação de materiais através da microscopia óptica, certos procedimentos devem ser seguidos. Assinale a alternativa que apresenta o procedimento correto.
A) O diafragma deve estar com a menor abertura em relação à ocular.
B) O condensador deve ser posicionado obliquamente em relação à objetiva.
C) A observação inicial do material deve ser feita utilizando-se a objetiva de menor aumento.
D) O ajuste fino da focalização do objeto observado é realizado através do parafuso macrométrico.
E) A observação num aumento maior é feita girando-se o revólver e, posteriormente, colocando-se o
detalhe que se deseja observar no centro do campo.

15. (SEDUC/CE/CCV/CE) Dentre as espécies animais ameaçadas de extinção no Ceará, as que se encontram em pior situação e, por isso, classificadas como “criticamente em perigo” são: o peixe-boi marinho, a tartaruga-de-couro, o periquito-cara-suja e o soldadinho-do-araripe.
(Jornal Diário do Nordeste, 09/02/2012)
Com relação ao peixe-boi marinho o principal fator de risco é:
A) o tráfico desses animais.
B) a sua distribuição restrita.
C) a sua criação em cativeiro.
D) a caça predatória praticada aqui no Ceará.
E) A perda dos locais de reprodução da espécie.


21 Questões de Biologia Geral, com gabarito

Gabarito das questões de Biologia


1.B
2.A
3.E
4.A
5.E
6.C
7.A
8.D
9.D
10.B
11.C
12.D
13.B
14.C
15.E

Texto de Ciências sobre Unidades de Conservação, com perguntas.

Unidades de Conservação – Unidades de Proteção Integral

1- ESTAÇÃO ECOLÓGICA– Nela é proibida a visitação pública, exceto quando com objetivo educacional. Ela tem como objetivo a preservação da natureza e a realização de pesquisa científica.  A estação ecológica é de posse e domínio públicos, sendo que as áreas particulares incluídas em seus limites serão desapropriadas.

2- RESERVA BIOLÓGICA– Tem como objetivo a preservação integral da BIOTA e demais atributos naturais existentes em seus limites, sem interferência humana direta ou modificações ambientais. Como na estação ecológica, é proibida a visitação pública, exceto quando com objetivo educacional , de acordo com regulamento específico. Uma reserva biológica tem todo tipo de  coisas a serem protegidas – proteção integral da Biota
O QUE É BIOTA? Biota é o conjunto de seres vivos, flora e fauna, que habitam ou habitavam um determinado ambiente geológico, como, exemplo, biota marinha e biota terrestre, ou, mais especificamente, biota lagunar, biota estuarina,  bentônica,..

3- PARQUE NACIONAL - tem a função de preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica. O Parque Nacional possibilita a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico. A visitação está sujeita às normas e restrições. Também é de posse e domínio públicos, sendo que as áreas particulares serão desapropriadas.

4- MONUMENTOS NATURAIS – São Sítios naturais raros, singulares ou de grande beleza cênica
Monumento Natural Pode ser em áreas particulares, que poderão , ou não, ser desapropriadas. Poderá ter visitação pública.

5-REFÚGIO DA VIDA SILVESTRE– Refúgio da vida silvestre) tem como objetivo proteger ambientes naturais onde se asseguram condições para a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória. Pode estar em áreas particulares, que poderão ser desapropriadas, é permitida a visitação pública, sujeita a certas normas. Um refúgio é um lugar ideal para a reprodução de espécies, bem como para proteger ambientes naturais.

Fonte: Lei 9.985/00
Texto de Ciências sobre Unidades de Conservação, com perguntas.exto para aula

RESPONDA

1) O que é proibido na Estação Ecológica?
2) Qual é o objetivo da Estação Ecológica?
3) Qual é o objetivo da Reserva Biológica?
4) O que é Biota?
5) Qual é a função do Parque Nacional?
6) O que o Parque Nacional Possibilita?
7) O que são Monumentos Naturais?
8) Onde pode ser localizado o monumento natural?
9) Qual é o objetivo do Refúgio da Vida Silvestre?
10) O Refúgio é um lugar ideal para que?

.
Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar