Publicidade

Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica

Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica




Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica



Apresentação

A primeira versão deste livro, de 1998, já mostrava qualidade incomum: a de juntar a
contribuição científica original sobre as frutas da floresta amazônica do Estado do Pará e a
sensibilidade para detectar a interação profunda entre vida, saberes da mata e cultura popular. Com linguagem ao mesmo tempo acessível, gostosa e prática esse livro tornou-se veículo de divulgação de informações fundamentais para o futuro da Amazônia. Além disso, representa a concretização do sonho de um modelo de desenvolvimento econômico, socialmente justo e com respeito ao meio ambiente.
Neste novo livro, nós do Acre temos o privilégio de ver nossa flora incluída em um diálogo de experiências da Amazônia leste, central e oeste. Entram agora o mogno, o patauá e a seringa, que fazem parte da história da nossa região assim como nossas lutas, as histórias da floresta, os cantos, os gestos cheios de cultura local e espírito universal.
Quero chamar a atenção para três aspectos que ganham vulto neste livro editado por Patricia e Gabriel. O primeiro diz respeito ao impacto da obra na saúde coletiva, uma vez que potencializa o uso de plantas capazes de melhorar substancialmente o valor nutritivo da alimentação e, assim, prevenir as chamadas “doenças da pobreza”. Os estudos desenvolvidos correlacionam a disponibilidade sazonal de frutas na floresta e a incidência
de doenças, mostrando que quando a sua produção cai, aumentam os casos de determinadas enfermidades.
O segundo trata de uma característica poderosa da Amazônia, ainda pouco explorada e documentada: a presença das mulheres no conhecimento e no uso do patrimônio florestal não-madeireiro. Se considerarmos o
avanço das experiências sustentáveis na Amazônia, a experiência feminina de lidar com a sustentabilidade em vários de seus aspectos – sobretudo no reforço da ação comunitária e na criatividade para garantir a sobrevivência social e material da família – pode ser a alavanca estratégica para dar a liga e a escala necessárias à criação de novos paradigmas na região.
O terceiro aspecto é a habilidade de associar floresta e desenvolvimento – o verdadeiro, aquele que em lugar de nos jogar no turbilhão da competitividade sem limites e do enclausuramento individualista, nos remete à comunidade, à solidariedade, aos valores humanos e espirituais como mediadores das metas de cada um. Aqui você encontra também estudos sobre manejo comunitário, educação ambiental e outras trilhas para se chegar à sustentabilidade integral, na qual faz sentido profundo cuidar do meio ambiente porque assim se cuida da própria vida, dos filhos, do futuro.
Mais um ponto, portanto, para este livro que é um extraordinário poema à Amazônia, que
mexe com nossas emoções diante das verdades expressas nas figuras singelas e fortes de
nossos bichos, nossas plantas, nossos cheiros, nossos sabores. Emoção diante de nós
mesmos, enfim, e de nossas vidas simples e tão orgulhosamente amazônicas.

Marina Silva
Ministra de Meio Ambiente

Shanley, Patricia  Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica. Patricia Shanley, Gabriel
Medina; ilustrado por Silvia Cordeiro, Antônio Valente, Bee Gunn, Miguel

Imbiriba, Fábio Strympl. Belém: CIFOR, Imazon, 2005.
Fonte: DP


Destaques:

Exercícios, Planos de aula e Planejamentos:
Textos para aulas e Curiosidades Científicas
Leia Também:

Publicidade

Por Blog do Ensino de Ciências

compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe
Compartilhe nas Redes Sociais!

Professor e Especialista em Ensino de Ciências, pela UFF/RJ, com mais de 25 anos de magistério. Criei este Blog para compartilhar textos e exercícios de ciências Ensino Fundamental: 6 Ano, 7 Ano, 8 Ano e 9 Ano e questões de biologia para o Ensino Médio: 1 Ano, 2 Ano e 3 Ano. Vestibular e ENEM

Recomendados para Você:
.
Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar