Publicidade

Dinossauros Jurássicos teriam circulado entre a África e Europa, diz estudo.

By Fred Wierum -
Ilustração Allosaurus *


Dinossauros jurássicos percorreram entre África e Europa

As pegadas de dinossauros encontradas em vários países europeus são muito parecidas com outras do Marrocos.

Para os cientista isso sugere que elas poderiam ter sido dispersas entre os dois continentes por regiões terrestres separadas por um mar raso, há mais de 145 milhões de anos.

No final do Jurássico os países que agora formam a Europa faziam parte de um arquipélago cercado por um mar raso separados por conseqüência da desfragmentação do subcontinente na Pangeia



Vídeo: Pangeia Animação

Curiosidades

A Península Ibérica estava localizada na parte mais meridional, no continente da  Laurasia  (que hoje inclui a América do Norte e a Eurásia), mas perto do continente ao sul. 

Os cientistas identificaram pegadas grandes e delgadas, com um tamanho de 30 a 50 cm, e outras pegadas gigantes e robustas, medindo mais de 50 cm.

A presença da mesma espécie em lugares tão distantes obriga os cientistas a propor rotas de dispersão entre continentes durante o Mesozóico , o período em que os dinossauros viveram. 

Esses animais de grande porte foram capazes de se deslocar entre a África e a Europa em massas terrestres com curtos períodos de emersão e através do  sul da Itália e dos Balcãs  ou através do que hoje é a  Península Ibérica.

Grandes predadores passeavam por essas terras e suas pegadas foram encontradas em diferentes continentes. 

Por exemplo, icnitas e ossos de alossauros e estegossauros foram encontrados na América do Norte e em Portugal, sugerindo que os dois territórios estavam conectados de alguma forma. 

Em um novo estudo, publicado no  Journal of African Earth Sciences,  uma equipe de cientistas europeus, com participação espanhola, agora reconheceu dois tipos de pegadas de dinossauros relacionadas a grandes predadores jurássicos na atual  Suíça, Portugal, Espanha  (que pertencia à Laurasia) e  Marrocos  (que estava em Gondwana). 

As marcas, chamadas  Megalosauripus transjuranicus  e  Jurabrontes curtedulensis , pertenciam a terópodes carnívoros semelhantes ao  Tyrannosaurus rex . 

Trilhas em águas rasas

Para distinguir os tipos de pegadas, a equipe usou um novo software chamado  DigTrace, que tornou possível comparar virtualmente as  pegadas fossilizadas . 


  • "Não podemos determinar com certeza que animal deixou um passo em particular, uma vez que diferentes dinossauros relacionados poderiam deixar pegadas muito semelhantes", diz Castanera. 
Como os dinossauros passaram entre Laurasia e Gondwana? 

A resposta é problemática porque havia um mar profundo entre os dois continentes

No entanto, este estudo mostra que as diferenças entre os dois grupos de pegadas identificadas são importantes o suficiente para que seus criadores sejam dinossauros diferentes, mas intimamente relacionados. 

Os cientistas sugerem, assim, que provavelmente pertenciam ao  Allosaurus  e ao  Torvosaurus , já que seus restos foram encontrados no Jurássico Superior de Portugal, indicando a presença de dois  super-predadores  nos ecossistemas terrestres do Jurássico tardio. 

Veja a Camuflagem nos Repteis: Serpentes e Lagartos Invisíveis

Para confirmar esses dados, o grupo de pesquisadores enfatiza que são necessários mais estudos, especialmente para responder a uma pergunta importante: como os dinossauros passaram entre Laurasia e Gondwana? "A resposta é problemática porque os estudos geológicos indicam que havia um  mar profundo  entre os dois continentes", enfatiza o cientista.  


Referência:

Matteo Belvedere et al. “Comparados globetrotters jurássicos tardios comparados: um olhar mais atento sobre trilhas de terópodes grandes e gigantes do norte da África e da Europa”  J ournal of African Earth Sciences  158 (2019) 103547

*Ilustração - By Fred Wierum - Own work, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=47577505

Fonte: SINC Adeline Marcos  22/10/2019 09:30 CEST
Direitos autorais: Creative Commons


Destaques:

Exercícios, Planos de aula e Planejamentos:
Textos para aulas e Curiosidades Científicas
Leia Também:

Publicidade

Por Blog do Ensino de Ciências

compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe
Compartilhe nas Redes Sociais!

Professor e Especialista em Ensino de Ciências, pela UFF/RJ, com mais de 25 anos de magistério. Criei este Blog para compartilhar textos e exercícios de ciências Ensino Fundamental: 6 Ano, 7 Ano, 8 Ano e 9 Ano e questões de biologia para o Ensino Médio: 1 Ano, 2 Ano e 3 Ano. Vestibular e ENEM

Recomendados para Você:
.
Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar