Publicidade

Cuidado com os açucares adicionados em produtos. | Textos de Ciências e Biologia

Muitas pessoas procuram obter hábitos de alimentação saudável sem açúcar. Consumir alimentos que não contem açúcar a fim de realizar uma dieta sem acucar é um objetivo fundamental. Qual melhor açucar para consumir? Qual açucar é mais saudavel? Como reduzir o açucar no sangue? Essas perguntas refletem a preocupação da população com o tema. As pessoas querem saber se açúcar refinado faz mal? Qual é o melhor açúcar para a saúde? E, por fim, buscam comprar determinados tipos de açúcar para dieta, como açúcar cristal, açúcar granulado, açúcar mascavo, açúcar branco, etc.

Alto índice de açucares adicionados em produtos da dieta diária


No meio da guerra contra o açúcar, pesquisadores espanhóis examinaram os principais grupos alimentares que contribuem para o seu consumo, como refrigerantes, iogurtes, chocolates, sorvetes, cereais e geléias.

Açúcares adicionados foram encontrados em 100% dos produtos de padaria e pastelaria.
Nas últimas décadas, estudos mostraram que a ingestão excessiva de açúcares adicionados tem efeitos prejudiciais à saúde, contribuindo para o aumento das taxas de excesso de peso e obesidade e um aumento do risco de diabetes.

Em 2015, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu recomendações sobre o consumo de açúcares adicionais entre crianças e adultos e concordou em limitar seu consumo a menos de 10% (recomendação firme) e até menos de 5% (recomendação condicional) da quantidade de energia diária.

Agora, uma nova pesquisa conduzida por especialistas da Universidade CEU San Pablo e da Spanish Nutrition Foundation analisa a presença de açúcares adicionados e seus substitutos usuais, adoçantes de baixa caloria ou não calóricos, em 1.164 produtos entre os principais grupos de alimentos consumidos em na Espanha. - com dados do estudo ANIBES.


  • Atualmente, os produtos processados ​​e ultraprocessados ​​estão entre as principais fontes de açúcares adicionados em nossa dieta, e o aumento do consumo em países desenvolvidos, incluindo a Espanha, tem sido significativo nos últimos vinte anos”, explica María de Lourdes Samaniego. Vaesken, principal autora do estudo e professor associada do CEU San Pablo, ao SINC.


Entre os produtos analisados, 42% incluíram algum tipo de adição de açúcar e 10% continham adoçantes em sua lista de ingredientes. Apenas 5% dos produtos admitidos em conjunto contendo açúcares e adoçantes.


Os resultados, pioneiros na Espanha e publicados na revista Nutrients , revelam que os adoçantes de baixa caloria ou não calóricos estão presentes em 100% das bebidas sem açúcar com gás, 89% dos doces, como balas e gomas de mascar sem açúcar, 45 % de bebidas de soja e 18% de iogurtes e leites fermentados.

Por outro lado, açúcares adicionados foram encontrados em 100% de refrigerantes açucarados, 96% de bebidas energéticas e isotônicas, 100% de produtos de padaria e pastelaria, chocolates e sorvetes, 96% de cereais matinais e barras de cereais e 89% de geléias.

Mais impressionante é o teor de açúcar de salsichas e outros produtos de carne, bem como os provenientes de peixes. É assim que os autores observaram a presença de açúcares adicionados em 86% de salsichas e outros subgrupos de produtos cárneos (ou seja, bacon, chouriço, etc) e em 14% dos produtos de peixe. Adoçantes de baixa caloria ou sem calorias também estavam presentes em 8,5% das salsichas e outros produtos cárneos.

Mais marcante é o teor de açúcar das salsichas e outros produtos de carne, bem como os provenientes de peixes

Além disso, 78% e 63% das leguminosas em conserva e frutas, respectivamente, continham açúcares adicionados, enquanto que, com os vegetais enlatados, isso era de apenas 10%.

Quanto aos alimentos prontos a consumir, verificou-se que 61% dos produtos avaliados continham açúcares adicionados. Da mesma forma, os lanches analisados ​​adicionaram açúcares em 8% dos produtos. Finalmente, em molhos e condimentos, 57% dos produtos avaliados continham açúcares adicionados.

Os principais tipos de adoçantes identificados foram acesulfame-K, sucralose, aspartame e ciclamato. Os tipos de açúcares adicionados mais comumente utilizados nos produtos avaliados foram sacarose, dextrose, xarope de glicose-frutose, caramelo e mel.


  • Nossos dados mostram a diversidade de grupos de alimentos que incluem esses ingredientes”, acrescenta Samaniego. “A principal limitação encontrada foi a ausência dos níveis ou valores adicionados a cada um deles nos rótulos, já que a legislação européia não exige tal declaração.

Cuidado com o índice de açucares adicionados em produtos da dieta diária
by pixabay

Seguro, mas falta informação


A indústria alimentícia aumentou o uso de adoçantes em alimentos e bebidas como substitutos do açúcar nos últimos trinta anos. Isso ocorre porque os consumidores tornaram-se conscientes da redução na ingestão de alimentos que são ricos neste ingrediente.

Embora a Agência Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) e as provas científicas disponíveis apoiem a segurança dos níveis adicionados destes aditivos alimentares, os dados relativos ao consumo dos diferentes tipos de edulcorantes e açúcares contidos nos alimentos e bebidas comercializados são limitados.


  • Além disso, esses dados não são coletados nos Bancos de Dados de Composição de Alimentos, que devem ser atualizados periodicamente e incluem adoçantes e açúcares adicionados para facilitar sua avaliação e acompanhamento em pesquisas nutricionais”, conclui Samaniego.


Fonte: Sinc La Ciencia es NoticiaCreative Commons BY 3.0 licence

Referência
Samaniego-Vaesken, M., Ruiz, E., Partearroyo, T., Aranceta-Bartrina, J., Gil, Á., González-Gross, M., Ortega, R., Serra-Majem, L. & Varela-Moreiras, G. (2018). Added Sugars and Low-and No-Calorie Sweeteners in a Representative Sample of Food Products Consumed by the Spanish ANIBES Study Population. Nutrients, 10 (9), 1265.



Por Blog do Ensino de Ciências

Compartilhe nas Redes Sociais!

compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe


Clique aqui para baixar gratuitamente, modelos de provas, exercícios e atividades de ciências. Faça o download dos arquivos formatados e prontos para aplicar na sua aula.



Postagens relacionadas, sugeridas e anúncios
.
Publicidade

O Professor e Especialista em Ensino de Ciências. O Blog visa disponibilizar conteúdo para professores e estudantes de Ciências e Biologia. Todas as matérias publicadas são opinativas, informativas ou sugestivas.


Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar