Publicidade

Cientistas desenvolveram Mini Robôs que imitam Artrópodes

Cientistas desenvolveram Mini robôs que imitam Artrópodes

Os resultados mostraram que movimento rápido, alta resolução, ampla faixa de velocidade, alta agilidade, grande capacidade de carga, boa adaptabilidade e miniaturização são alcançados com sucesso pelo milirobô.

Para a equipe de cientistas é realmente um desafio satisfazer todas essas performances ao mesmo tempo. 

Inspirado no metamerismo de artrópodes da natureza, o estudo propôs um milirobô composto por três segmentos piezoelétricos. 

O milirobô é amarrado para fornecer energia e o tamanho total do milirobô é 58 × 44 × 12 mm. Ele usa vários princípios de locomoção de artrópodes, pode transportar cargas e atravessar obstáculos, e também tem a rapidez e agilidade de uma centopéia através da coordenação de múltiplos segmentos piezoelétricos. 

Movimento rápido com velocidade máxima de 516 mm s −1é realizado operando no modo ressonante, e o movimento de passo com uma resolução de 0,44 μm é obtido pelo modo senoidal pulsado. 

A mais ampla faixa de velocidade entre os relatórios publicados de milirobôs é alcançada pelo projeto doas pesquisadores. Sua agilidade supera outros milirobôs piezoelétricos; os movimentos lineares, de direção e de rotação são executados e alternados de maneira flexível. 


Embora miniaturização, movimento rápido, alta resolução, alta agilidade e boa adaptabilidade são características relativamente contraditórias no projeto de robôs móveis esse estudo mostrou que é possível aliar todas essas características em um milirobô.

Veja o estudo completo aqui


Destaques:
Cursos Relacionados


compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe
Compartilhe nas Redes Sociais!

Professor e Especialista em Ensino de Ciências, pela UFF/RJ, com mais de 25 anos de magistério.

Recomendados para Você:
Publicidade
 
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Material para Ensino Fundamental (6 Ano, 7 Ano, 8 Ano e 9 Ano) e Ensino Médio (1 Ano, 2 Ano e 3 Ano)

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar