Publicidade

Os Segredos da Árvore Aroeira - Pimenta Brasileira


Os Segredos da Árvore Aroeira - Pimenta Brasileira


É uma espécie de planta comumente conhecida como pimenta brasileira, uma Anacardiaceae nativa.

Popularmente conhecida como aroeira-vermelha, aroeira-pimenteira e pimenta brasileira. Segundo a Embrapa o principal produto obtido pelo cultivo da aroeira-vermelha são seus frutos. Estes, após o processo de industrialização, são conhecidos como pimenta-rosa e usados no mercado interno e externo como condimento “gourmet”. 

Seus frutos possuírem a aparência de uma pequena pimenta de coloração rosa-avermelhada, por isso, também chamados de pimenta-rosa.

A aroeira-salsa e a aroeira-pimenteira são usadas em culinária, recebendo o nome de pimenta rosa, um tipo de pimenta doce.


Uso medicinal


Alguns estudos listam muitos usos medicinais possíveis da Pimenta brasileira, incluindo uso como anti-séptico, alívio de problemas respiratórios e tratamento de artrite e queixas musculares e tendíneas. 

Segundo CORREIA (1926-1978) descreve as propriedades da casca observando seus efeitos depurativos, febrífugos e contra afecções uterinas em geral. As folhas, segundo esse autor, são anti-reumáticas e valioso remédio na cura de úlceras e feridas. Aos frutos, atribui-lhes propriedades diuréticas e recomenda, ainda, precaução no uso da planta, devido às suas propriedades tóxicas, apesar de não haver dúvidas quanto às suas qualidades anti-nevrálgicas, adstringentes, tônica e
estimulante.

Já em Cochrane, 1999 investigações mostraram que a pimenta brasileira possui antibacteriano [ 20 , 99 ]e propriedades antifúngicas.

Além disso, o néctar e pólen de é considerada uma importante fonte de alimento para as abelhas pelos apicultores.

O óleo obtido de sua polpa apresenta bom potencial, principalmente para o mercado de cosméticos. 

Uso Ornamental


Nos EUA, foi originalmente introduzido como planta ornamental e ainda é vendido para esse fim em algumas áreas. Pela beleza de sua folhagem (perene, de cor verde a verde escuro, com brotos jovens avermelhados), da sua floração (prolongada) e frutificação (persistente).

Folhas e bagas de pimenta do Brasil são usadas em decorações incluindo guirlandas de Natal.

A aroeira é recomendada e utilizada como ornamental, principalmente em praças e parques municipais. 

É usado por padeiros e seu sabor apimentado é apreciado em algumas áreas

Uma resina de pimenta brasileira é usada para preservar linhas e redes de pesca. Além disso, os alcalóides das folhas de pimenta do Brasil têm se mostrado promissores como um larvicida natural de mosquitos 


Biologia


A Aroeira brasileira é um arbusto perene ou pequena árvore, 3-10 m de altura (ocasionalmente 15 m). A pimenta do Brasil é brota raízes, que capazes de crescer rapidamente.


Os Segredos da Árvore Aroeira - Pimenta Brasileira


A Casca é cinza, a seiva é aromática e resinosa. 

As Folhas são alternados com verde e os folhetos geralmente apresentam discretos e pequenos dentes pontudos em direção às pontas, são quase sem pelos, e a superfície superior é verde brilhante. 

Pétalas, cinco, são brancas. Bagas estão em grupos densos,vermelho vivo e polpa marrom resinosa aromática.

Estão em plantas diferentes (dióicas). 

A Aroeira brasileira normalmente tem um tronco de haste múltipla com a maioria das hastes com menos de 4 polegadas, possui uma propagação densa para erguer galhos que, devido à falta de poda automática, pode formar arvoredos. 

Os galhos jovens são cobertos de casca lisa que fica enrugada e um pouco escamosa com a idade possui folhas compostas alternativas com geralmente.

Salsa, pimenteira, brava

Reino: Plantae
Divisão: Anthophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Anacardiaceae
Género: Schinus

Brazilian Peppertree


Referências
https://www.invasive.org/weedcd/pdfs/feis/schinusterebinthifolius.pdf

Cochrane, C. Bruce. 1999. Antibacterial and antifungal screening of Florida's exotic invasive plant
species. In: Jones, David T.; Gamble, Brandon W., eds. Florida's garden of good and evil: Proceedings of the 1998 joint symposium of the Florida Exotic Pest Plant Council and the Florida Native Plant Society; 1998 June 3-7; Palm Beach Gardens, FL. West Palm Beach, FL: South Florida Water Management District: 205-216. [54030]

CORREA, M.P. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas. Rio de Janeiro, Imprensa Nacional, 1926-1978. v.1. 747p.

https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/1052499/1/Doc2941270Completo.pdf

Por Forest & Kim Starr, CC BY 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=6132666


Destaques:

Exercícios, Planos de aula e Planejamentos:
Textos para aulas e Curiosidades Científicas
Leia Também:

Publicidade

Por Blog do Ensino de Ciências

compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe
Compartilhe nas Redes Sociais!

Professor e Especialista em Ensino de Ciências, pela UFF/RJ, com mais de 25 anos de magistério. Criei este Blog para compartilhar textos e exercícios de ciências Ensino Fundamental: 6 Ano, 7 Ano, 8 Ano e 9 Ano e questões de biologia para o Ensino Médio: 1 Ano, 2 Ano e 3 Ano. Vestibular e ENEM

Recomendados para Você:
.
Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar