Publicidade

40 Questões de concursos de Agente de Endemias, com gabarito

Questões de concursos de Agente de Endemias, com gabarito

Questões sobre Endemias e Epidemias, com gabarito

1. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) Quanto à Imunogenicidade de um agente infeccioso, que é a capacidade do agente de, após a infecção, induzir a imunidade, seja relativa e temporária ou por toda a vida, podemos citar como exemplo de doença que confere imunogenicidade, seja pela vacina ou pela própria doença, o(a):
a.(  ) Gripe.
b. ( x ) Sarampo.
c. (  ) Herpes zoster.
d. (  ) Salmonelose.
e. (  ) Sinusite.

2. (Arapoti/MSConcursos/2009) A leishmaniose visceral (LV) é  uma zoonose de evolução crônica, com acometimento sistêmico e, se  não tratada, pode levar ao óbito até 90% dos casos. Sua transmissão ao homem acontece:
xa) Pela picada de fêmeas do inseto vetor infectado.
b) Pela picada do inseto vetor infectado.
c) Pela picada de fêmeas do inseto vetor.
d) Pelo consumo de água não tratada.

3.  (Arapoti/MSConcursos/2009) A  leishmaniose  visceral  (LV)  é  uma  zoonose  que  pode  afetar  o  homem.  É  infecciosa,  mas  não  é  contagiosa. Sobre os sintomas mais freqüentes, assinale a alternativa INCORRETA:

a) Febre.  b) Prostação.  xc) Aumento de peso.  d) Complicações cardíacas.

4.(ÁguasChapecó/2018/FEPESE)  A antropozoonose transmitida ao homem pela inoculação  do vírus rábico, contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, é a(o):
a. (  ) Leishmaniose.
b. (  ) Tétano.
c. ( x ) Raiva.
d. (  )  Botulismo.
e. (  ) Peste bubônica.


5. (Arapoti/MSConcursos/2009) Existem algumas medidas preventivas para a Leishamaniose  visceral (LV) que  visam a redução do  contato  homem­ vetor,  podendo  ser  realizadas  medidas  de  proteção  individual  dirigidas  ao  vetor  e  à  população canina, tais como:
I ­  Uso de mosquiteiros com malha fina;
II – Uso de repelentes;
III – Presença de animais domésticos dentro de casa;
IV – Eliminação de fontes de umidade  Está(ão) correta(s):
a) I, apenas.
b) Somente III e IV.
c) I, II e IV, apenas.
xd) I, II e III, apenas.

6. (Arapoti/MSConcursos/2009) A  NR­6  da Portaria  nº  3214,  de  8  de junho  de  1978,  do  Ministério  do  Trabalho  e Emprego  discorre  sobre  o    Equipamento  de    Proteção  Individual  (EPI).  Em  relação  ao  EPI,  assinale  a  alternativa  que  corresponde CORRETAMENTE à sua finalidade:
a) Proteger o trabalhador de modo a diminuir sua sobrecarga de trabalho.  b) Proteger o trabalhador quando em ambiente domiciliar.
xc) Proteger a saúde e a integridade física do trabalhador.
d) Proteger a integridade física e social do trabalhador.

7. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) Nas medidas de controle de endemias e epidemias, o controle do Aedes aegypt é uma medida
fundamental de controle na transmissão da:
a. (  ) Leishmaniose, Malária e AIDS.
b. (  ) Tuberculose, Hepatites virais B e C.
c. (  ) Difteria, Coqueluche e Tétano Acidental.
d. ( x ) Dengue, Febre Zica e Febre Chikungunya.
e. (  ) Doença de Chagas, Febre Tifoide e Peste.

8. (Arapoti/MSConcursos/2009) Para evitar a criação de larvas de Aedes aegypti, existem algumas medidas de controle mecânico e  alternativo,  como,  por  exemplo,  o  uso  de  produtos  caseiros.  Em  relação  ao  controle  mecânico,  está
INCORRETA a alternativa:
a) Furar os pratos que contenham flores.
b) Secar e guardar, em locais cobertos e de preferência emborcadas ou tampadas as garrafas de vidro.
xc) Não tampar os ralos das pias, pois impedem que se estabeleça umidade.
d) Substituir a bromélia por outro tipo de planta que não acumule água.

9.  (Arapoti/MSConcursos/2009) O  dengue  é  um  dos  principais  problemas  de  saúde  pública  no  mundo. A  Organização  Mundial  da  Saúde (OMS)  estima  que  entre  50  a  100  milhões de  pessoas  se  infectem  anualmente,  em  mais  de 100  países, de todos os continentes, exceto a Europa. Em relação ao vírus causador da doença, assinale a  alternativa CORRETA:
xa) Possui quatro sorotipos: DEN­1, DEN­2, DEN­3 e DEN­4.
b) A infecção por um dos sorotipos não gera proteção permanente para o mesmo sorotipo e imunidade parcial e temporária contra os outros tipos.
c) É uma doença causada pela contaminação dos lençóis freáticos ocasionadas pelo crescimento populacional.
d) Possui quatro sorotipos:  DEN­0, DEN­1, DEN­3  e DEN­8, a DEN­4  e DEN­7  estão presentes somente na região amazônica.

10.  (Arapoti/MSConcursos/2009) Medidas  de  controle  químico  com  ação  larvicida  em  formulação  de  liberação  lenta  estão  sendo  utilizados  mundialmente,  destacando­ se  o  temephos  como  o  larvicida  de  mais  ampla  utilização
(tratamento focal). A maioria dos programas de controle de Aedes aegypti empregam duas modalidades  de controle químico adulticida, são eles:
xa) A borrifação de inseticida de ação residual denominada de tratamento perifocal, indicada para uso rotineiro específico em imóveis e aplicação espacial de inseticida a ultra baixo volume (UBV), indicado para situações de transmissão.
b) A borrifação da solução cloro mais bicarbonato de potássio, amplamente utilizados nos períodos de verão.
c) A aplicação espacial de inseticida a ultra baixo volume (UBV) e borrifação de cloro com bicarbonato de sódio.
d) Borrifação de inseticida de ação residual denominada de tratamento focal, utilizada em ambientes rurais e aplicação de álcool gel nas folhagens.

11. Quando o processo de adoecimento e seus períodos, o intervalo de tempo que decorre desde
a penetração do agente etiológico no hospedeiro (indivíduo já está infectado), até o aparecimento dos
sinais e sintomas da doença, variando de acordo com a doença considerada, caracteriza o(a):
a. (  ) Convalescência.
b. (  ) Período subclínico.
c. (  ) Período de doença.
d. ( x ) Período de incubação.
e. (  ) Período de transmissibilidade.

12. (Arapoti/MSConcursos/2009) Os mosquitos do gênero Aedes, bem como todos os da família Culicidae, apresentam duas fases de  ciclo de vida que são denominadas, RESPECTIVAMENTE:
xa) Aquática, sub­aquática e terrestre.  b) Terrestre e aquática.  c) Aquática e voadora.  d) Aquática e terrestre.

13.  (Arapoti/MSConcursos/2009) O  fenômeno  biológico  acidental  que  revela  a  existência  de  uma  afecção  ou  de  uma  lesão  é  denominado sintoma. Com isso, assinale a alternativa que não corresponde a um sintoma do dengue.

 a) Exantema.  b) Febre alta por cinco a sete dias.  c) Prostração.  xd) Calvície.

14. (Arapoti/MSConcursos/2009) Sobre a biologia do vetor do Dengue:

  • I ­ Os ovos  são depositados pelas fêmeas fora do meio líquido, próximo à  superfície da água, ficando  aderidos  à  parede  interna  dos  recipientes.  O  período  para  o  desenvolvimento  embrionário  dura,  em  condições favoráveis, de 2 a 3 dias para eclodir.
  • II ­ As larvas são providas de grande mobilidade e têm como função primária o crescimento. Alimentam­  se de detritos orgânicos, bactérias, fungos e protozoários existentes na água. A duração da fase larval
  • tem condições de temperatura entre 25º C e 29ºC e boa oferta de alimentos, é de 5 a 10 dias.
  • III  –  A  pupa  apenas  respira  e  é  dotada  de  boa  mobilidade  a  duração  da  fase  pupal,  em  condições
  • favoráveis é de 2 dias em média.
  • IV – Os ovos são depositados pelos machos fora do meio líquido, próximo à superfície da água, ficando  aderidos  à  parede  interna  dos  recipientes.  O  período  para  o  desenvolvimento  embrionário  dura,  em  condições favoráveis, de 2 a 3 dias para eclodir.  Assinale a alternativa correta:

a) I e II, apenas.  b) I, II e IV, apenas.  xc) I, II e III, apenas.  d) Somente I.

15.(ÁguasChapecó/2018/FEPESE)  A ocorrência de dois ou mais casos de uma determinada doença epidemiologicamente relacionados , restrita a um espaço extremamente delimitado, como colégio, quartel, creches, grupos reunidos em uma festa, um quarteirão, uma favela, um bairro, etc, caracteriza um:
a. (  )  Endemia.
b. (  ) Epidemia.
c. (  ) Caso isolado.
d. (  ) Pandemia.
e. ( x ) Surto

16. (Arapoti/MSConcursos/2009) O Agente de endemia e controle de doenças, ao realizarem a visita domiciliar, devem estar atentos a  buscar soluções para a comunidade. Na atividade da visita domiciliar, está INCORRETO:
xa)O agente de endemia e controle de doenças não realiza mapeamento de sua área de trabalho, pois essa é uma função somente do agente comunitário de saúde.
b) Participa na promoção, proteção da saúde e prevenção de doenças.
c) Participa como um elo de ligação dos serviços de saúde e da população nas ações de saneamento básico.
d) Atua nas ações de doenças endêmicas.

17.  (Arapoti/MSConcursos/2009) O  Ministério da Saúde  e  da Agricultura  classifica os  produtos  contra  pragas,  insetos  e pestes em  números,  grau  de  toxidade  e  seus  rótulos  tem  cores.  Sobre  essa  classificação,  assinale  a  alternativa  correta:
a) O número quatro é pouco tóxico e tem a cor vermelha.
b) O número dois não é tóxico e é amarelo intenso.
xc) O número um é altamente tóxico e tem o rótulo vermelho.
d) O número três é tóxico e tem o rótulo preto.

18. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) Utilizando os indicadores de saúde, podemos caracterizar uma Epidemia, quando:
a. (  ) O coeficiente de incidência de determinada doença diminui significativamente o número
de casos esperados, nas mesmas condições ambientais e populacionais.
b. (  ) O coeficiente de letalidade de determinada doença diminui significativamente o número
de casos esperados, nas mesmas condições ambientais e populacionais.
c. ( x ) O coeficiente de incidência de determinada doença ultrapassa significativamente o número de casos esperados, nas mesmas condições ambientais e populacionais.
d.(  ) O coeficiente de infectividade de determinada doença ultrapassa significativamente o número de casos esperados, nas mesmas condições ambientais e populacionais.
e. (  ) O coeficiente de letalidade de determinada doença aumenta significativamente o número
de casos esperados, nas mesmas condições ambientais e populacionais.

19.  (Arapoti/MSConcursos/2009) Os  agentes  de  endemias  e  controle  de  doenças  ao  utilizarem  do  inseticida  químico  além  do  uso  adequado de EPIs, devem realizar exames periodicamente de:

a) Dosagem de insulina.  b) Coleta de escarro.  c) Dosagem de colinesterase.  d) Coleta de sangue.

20. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) Em epidemiologia, a probabilidade de ocorrência de uma doença, agravo, óbito, ou condição
relacionada à saúde (incluindo cura, recuperação ou melhora) em uma população ou grupo durante um período de tempo determinado, é chamada de:
a. (  )  Surto.
b. ( x ) Risco.
c. (  ) Inquérito.
d. (  ) Bloqueio.
e. (  ) Epidemia.

21. (Arapoti/MSConcursos/2009) A visita domiciliar é o ato onde existe um maior aproveitamento de realização da promoção de saúde  e  prevenção  de  doenças.  A  postura  do  agente  fará  com  que  ele  seja  bem  vindo  e  seu  trabalho  seja respeitado. Sobre a visita domiciliar assinale a alternativa correta:
a) O agente deve se identificar somente se o morador solicitar.
b) Ao realizar a visita o agente deve iniciar sua visita pela frente até chegar ao fundo da moradia.
xc) Não é necessário o uso de crachás, uniformes e EPIs em dias de verão intenso.
d) O agente começa a visita pela parte externa da moradia.

22. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) Os agentes causadores de endemias podem ser caracterizados quanto a vários aspectos, como seu gênero e espécie, capacidade de infectividade, letalidade, etc.
Por exemplo, a reemergência do Sarampo em nosso meio é causada, em relação à espécie, por um agente:
a. ( x ) Viral.
b. (  ) Fúngico.
c. (  ) Bacteriano.
d. (  ) Endotóxico.
e. (  ) Protozoário.

23.  (Arapoti/MSConcursos/2009) O  Agente  de  endemias  e  controle  de  doenças  ao  informar  a  população  e  ao  ouvir  suas  queixas,  permite a ela ter um real conhecimento sobre a preservação do meio ambiente. Essa forma de atuação,  onde se tem um maior interesse pelo ambiente em que vivemos, denomina­se:

a) Ecologia.  b) Educação socioambiental.  c) Educação ambiental.  xd) Educação em saúde coletiva.

24. (ÁguasChapecó/2018/FEPESE) A característica relacionada à vigilância em saúde, comum a doenças como a Dengue, Malária e Febre Amarela, é a:
a. ( x ) Transmissão por um mosquito vetor.
b. (  ) Ausência de imunogenicidade à vacinação.
c. (  ) Possibilidade de transmissão por via sexual.
d. (  ) Maior incidência dessas doenças em estações frias, como inverno.
e. (  ) Transmissão direta, sem necessidade de um vetor.


25.(ÁguasChapecó/2018/FEPESE)  Analise as afirmativas abaixo em relação à Vigilância Epidemiológica da Febre Amarela:

  • 1. O Agente etiológico – Vírus amarílico, arbovírus do gênero Flavivirus e família Flaviviridae.
  • 2. O principal vetor e reservatório da Febre Amarela Silvestre no Brasil é o mosquito do gênero Haemagogus janthinomys.
  • 3. Os hospedeiros naturais são os primatas não humanos (macacos).
  • 4. O homem não imunizado entra nesse ciclo acidentalmente na Febre Amarela Urbana e o mosquito Aedes aegypti é o principal vetor e reservatório e o homem, o único hospedeiro de importância epidemiológica.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. (  ) São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.
b. (  ) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
c. (  ) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.
d. (  ) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.
e. ( x ) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.


Publicidade

Questões de Agente de Endemias Floriano/2018/MachadodeAssis


21) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Nas Américas, a hantavirose é considerada uma doença emergente e se manifesta sob diferentes
formas, desde doença febril aguda inespecífica, até quadros pulmonares e cardiovasculares mais
severos e característicos. São os prováveis reservatórios de hantavírus:
xA) Roedores silvestres.
B) Gatos.
C) Tamanduás.
D) Macacos.

22) (Floriano/2018/MachadodeAssis)A Leptospirose é uma doença infecciosa febril de início abrupto, cujo espectro pode variar desde um processo inaparente até formas graves. Assinale a alternativa que apresenta uma doença que possui em comum o mesmo reservatório da Leptospirose:
A) Febre amarela.
B) Tularemia.
C) Donovanose.
xD) Peste.

23) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A leptospirose humana apresenta manifestações clínicas muito variáveis, com diferentes graus de
severidade. Assinale a alternativa que apresenta uma característica da doença:
A) É uma doença viral.
B) Não existe tratamento para a doença.
C) É transmitida pela picada de barbeiro.
xD) É doença de notificação compulsória no Brasil.

24) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Atualmente, a Dengue é a mais importante arbovirose que afeta o ser humano, constituindo-se
em sério problema de saúde pública no mundo.
Assinale a alternativa que apresenta uma informação CORRETA sobre a doença:
A) Pode ser transmitida de pessoa a pessoa.
B) É uma doença bacteriana.
C) Para combater a doença existe a muitos anos vacina
disponível na rede pública.
xD) O maior número de casos da doença ocorre no verão.

25) (Floriano/2018/MachadodeAssis) O período não epidêmico da Dengue é o momento ideal para a adoção de medidas, visando impedir epidemias futuras. As atividades de rotina têm como principal função reduzir os criadouros do mosquito, empregando-se preferencialmente métodos de controle:
xA) Mecânicos.
B) Biológicos.
C) Legais.
D) Químicos.

26) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A atual situação de dispersão e a elevada densidade do Aedes aegypti aumentam o risco de reurbanização da seguinte doença:
A) Tracoma.
xB) Febre amarela.
C) Filariose.
D) Malária.

27) (Floriano/2018/MachadodeAssis) No Brasil, a febre tifoide ocorre sob a forma endêmica, com superposição de epidemias,
especialmente nas regiões Norte e Nordeste, refletindo as condições de vida de suas populações.
Assinale a alternativa que apresenta a forma de transmissão desta doença:
xA) Ocorre, principalmente, de forma indireta através de água e alimentos contaminados com fezes ou urina de paciente ou portador.
B) Através da picada de mosquito vetor.
C) Ocorre através de relação sexual sem uso de preservativo.
D) Penetração de larvas na pele.

28) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Assinale a alternativa que apresenta uma medida de prevenção contra a Doença de Chagas:
A) Vacinação da população.
B) Evitar a ingestão de carnes cruas e mal passadas.
C) Lavar as mãos após a utilização do banheiro.
xD) Controle químico do vetor, através de aplicação de inseticidas de poder residual.

29) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A penetração ativa da cercária na pele é o modo de transmissão da seguinte doença:
xA) Esquistossomose.
B) Tracoma.
C) Escabiose.
D) Filaríase.

30) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Locais públicos conhecidamente infestados por carrapatos devem ser obrigados (pela vigilância
sanitária) a informar seus frequentadores, por meio de placas, a presença de carrapatos e as formas de
proteção. Esta medida pode evitar a contaminação pela seguinte doença:
A) Hepatite A.
B) Febre maculosa.
C) Poliomielite.
xD) Teníase.

31) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A toxoplasmose é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida, sendo considerada uma zoonose cosmopolita. Sobre a doença, assinale a alternativa INCORRETA:
A) É causada por um protozoário.
xB) Os cachorros são os reservatórios da doença.
C) Não pode ser prevenida através da vacinação.
D) Pode ser adquirida através da ingestão de carne crua e mal cozida infectada com cistos, especialmente carne de porco e carneiro.

32) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Sobre o Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue e de outras doenças, é INCORRETO afirmar que:
xA) A fêmea do mosquito alimenta-se apenas de seiva, sendo o macho o transmissor das doenças.
B) É uma espécie tropical e subtropical.
C) A distribuição do Aedes aegypti é limitada pela altitude.
D) É essencialmente mosquito urbano, encontrado em maior abundância em cidades, vilas e povoados.

33) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Não havendo rede pública de água e esgoto, a população deve ser orientada sobre como proceder
em relação ao abastecimento de água e ao destino de dejetos. Assinale a alternativa que apresenta uma doença de veiculação hídrica:
xA) Febre tifoide.
B) Coqueluche.
C) Hanseníase.
D) Leishmaniose.

34) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A Febre chikungunya, o Zika vírus e a Dengue possuem a seguinte característica em comum.
A) São doenças transmitidas por alimentos.
B) São doenças preveníveis através da vacinação.
xC) São doenças incuráveis e com alta letalidade.
D) São transmitidas pelo mesmo inseto vetor.

35) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Os carrapatos do gênero Amblyomma são os principais vetores e reservatório da seguinte doença:
A) Febre do Nilo.
B) Febre tifoide.
xC) Febre maculosa.
D) Febre amarela.

36) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A doença de Chagas (DC) é uma das consequências da infecção humana produzida pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. Assinale a alternativa que apresenta o animal vetor desta doença:
A) Morcego.
B) Carrapato.
xC) Barbeiro.
D) Macaco.

37) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A presença de fosseta loreal, órgão termorregulador localizado entre o olho e a narina, caracteriza o grupo de serpentes peçonhentas de interesse médico no Brasil. Entretanto, o seguinte gênero de serpente peçonhenta é exceção a essa regra (não possui fosseta loreal):
xA) Micrurus (coral verdadeira).
B) Bothrops (jararaca, jararacuçu, urutu, caiçaca).
C) Crotalus (cascavel).
D) Lachesis (surucucu, pico-de-jaca).

38) (Floriano/2018/MachadodeAssis) Os escorpiões são animais carnívoros e alimentamse principalmente de insetos, como grilos e baratas. Seus predadores incluem lacraias, aranhas, formigas, lagartos, serpentes, rãs e sapos, aves e alguns mamíferos. Sobre esses animais, não se pode afirmar que:
A) Podem sobreviver vários meses sem alimento ou água, o que torna seu controle muito difícil.
xB) Nem todas as espécies de escorpiões possuem veneno.
C) Escorpiões se instalam em locais com acúmulo de lixo doméstico, madeiras, entulhos, materiais de
construção como tijolos, telhas e também em sistemas de esgotos, saindo através de ralos e caixas
de gordura.
D) A gravidade dos acidentes provocados por espécies perigosas varia conforme a quantidade de veneno injetada, o local da picada e a sensibilidade da pessoa ao veneno.

39) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A malária humana é uma doença parasitária que pode ter evolução rápida e ser grave. Sobre a doença, assinale a alternativa CORRETA:
A) É uma doença bacteriana.
xB) O homem é o único reservatório com importância epidemiológica para a Malária humana.
C) É transmitida pela picada do barbeiro.
D) Não é uma doença de notificação compulsória.

40) (Floriano/2018/MachadodeAssis) A esquistossomose mansônica é uma doença parasitária e que possui como hospedeiro
intermediário o seguinte animal:
xA) Caramujos.
B) Morcegos.
C) Macacos.
D) Cavalos


Por Blog do Ensino de Ciências

compartilhe compartilhe compartilhe compartilhe
Compartilhe nas Redes Sociais!


Professor e Especialista em Ensino de Ciências, pela UFF/RJ, com mais de 25 anos de magistério. Criei este Blog para compartilhar conteúdos com professores e estudantes de Ciências e Biologia.

Publicidade

Recomendados para Você:
.
Tecnologia do Blogger.
 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar